5 competências importantes do gestor de frota

Muitas coisas devem mudar no pós-pandemia, não somente no nível social, mas, sem dúvida, nos mercados e nas empresas também. Trabalho e gestão remota das operações, domínio e automação de processos e cada vez mais utilização de tecnologias.

Essas mudanças, não exaustivas, demandarão dos profissionais que lidam com transporte e gestão de frota, novas habilidades e responsabilidades, além de competências distintas daquelas comuns ao tradicional e pretérito trabalho em escritório.

Pensando nisso, no artigo de hoje falaremos mais sobre as responsabilidades dos gestores de frota e quais as habilidades e competências serão fundamentais para a provável rotina no pós-pandemia.

No artigo de hoje, mostraremos:

  • Gestor de frota: quem é esse profissional?
  • Capacidade de gerenciar a frota remotamente
  • Conhecimento de questões ambientais
  • Organização
  • Motivação e desenvolvimento de equipe
  • Orientação a resultados

Gestor de frota: quem é esse profissional?

Recentemente, a gestão de frota passou por algumas mudanças em virtude da pandemia Em decorrência disso, os gestores tiveram que se adaptar às novas realidades impostas pelas circunstâncias.

Contudo, ainda que mudanças tenham ocorrido no dia a dia das operações, dada a emergência sanitária, a função dos gestores não sofreu tanto impacto. A função desse profissional é gerenciar todas as atividades que se relacionam com a frota de uma organização.

Além disso, os gestores são responsáveis por planejar, implementar e controlar os planos e estratégias da gestão de frota e sempre buscar reduzir custo, além de preparar as equipes sob sua condução para os desafios diários de uma empresa.

Mas, após a pandemia, quais serão as competências mais importantes dos gestores de frota?

Capacidade de gerenciar a frota remotamente

A pandemia antecipou um movimento de mercado que mais cedo ou mais tarde aconteceria, o trabalho remoto (home office). Com a gestão de frota, não foi diferente.

Funções administrativas e gerenciais passaram a funcionar remotamente, sem perda de eficiência ou desempenho, principalmente, pela maior utilização de ferramentas tecnológicas, como os softwares para gestão de frota, por exemplo.

Muitos profissionais, ao término da pandemia, continuarão neste regime de trabalho ou, quando muito, no regime híbrido, trabalhando in loco algumas vezes na semana. É fundamental que haja atenção, foco e concentração por parte desses profissionais.

Conhecimento de questões ambientais

O mais recente relatório publicado no dia 9 de agosto de 2021 pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), organização ligada a ONU, aponta um fato alarmante: as mudanças climáticas causadas pelos seres humanos são irreversíveis e causaram um aumento expressivo na temperatura do planeta.

Os veículos e suas emissões contribuem para isso. Por isso, é muito importante que os gestores tenham conhecimento sobre o assunto, estejam atualizados sobre o tema e se informem mais sobre o impacto do gerenciamento de frota nas questões ambientais.

Através do conhecimento adequado dessas questões, os gestores poderão desenvolver estratégias ambientalmente corretas, de valorização do meio ambiente e controle da emissão de poluentes, inclusive, adotando veículos híbridos ou elétricos para a frota da companhia.

Organização

Ser organizado sempre foi uma competência requerida de qualquer profissional. Contudo, trabalhar em home office, para algumas pessoas, requer mais organização, principalmente, em aspectos como horário e atenção ao trabalho.

Além disso, o gestor deve sempre planejar adequadamente as demandas envolvendo os veículos da frota, a composição das rotas, os custos das viagens, o dimensionamento adequado da operação e a rotina de manutenção dos veículos.

Portanto, a habilidade de organizar todos os processos e controlá-los adequadamente é indispensável para a execução correta e segura das atividades de uma operação e claro, para o sucesso da empresa no geral.

Motivação e desenvolvimento de equipe

Manter a equipe motivada e engajada é um aspecto muito importante para a produtividade e sucesso de toda empresa. Equipes envolvidas com os objetivos de uma companhia alcançam metas e objetivos propostos com mais facilidade.

Além de manter um bom clima entre os membros de uma equipe, o gestor de frota deve se empenhar com o desenvolvimento dos profissionais, oferecendo treinamentos, cursos e capacitação constantemente. Assim, provavelmente, a equipe terá um ótimo desempenho.

Orientação a resultados

Espera-se de qualquer gestor que ele tenha foco em resultados. O objetivo é sempre elevar o desempenho da área e introduzir medidas que viabilizem a redução de custos da operação.

Por isso, saber definir corretamente as métricas (KPIs) é muito importante, uma vez que métricas corretamente definidas facilitarão em demasia a análise e a definição de novas ações, o que garante um aumento seguro e constante da produtividade.

Conclusão

Como mostramos no artigo de hoje, é provável que o trabalho após a pandemia sofra algumas alterações. Diante disso, novas competências e habilidades serão requeridas dos profissionais envolvidos com o gerenciamento de frota.

Agora que você aprendeu mais sobre as habilidades que serão importantes para os gestores de frota após a pandemia, descubra tudo sobre gestão de sinistro, qual sua importância e relevância para operações de frota.

Recent Posts