Cabotagem: o guia completo

Entre os vários assuntos tratados pela logística, talvez, um dos mais estudados seja o transporte de cargas. Provavelmente, você já tenha escutado o termo cabotagem em algum assunto relacionado a movimentação de cargas.

No Brasil, essa forma de transporte ainda é pouco difundida e conhecida, todavia, apresenta um grande potencial estratégico, pelas vantagens que oferece aliado ao baixo custo quando comparado a outros modais logísticos.

Por isso, no artigo dessa semana, vamos explicar melhor o que é cabotagem, como funciona esse meio de transporte e quais são os benefícios e contribuições para as empresas, sociedade e pessoas.

No artigo de hoje, vamos falar sobre:

  • O que é cabotagem?
  • Como funciona a cabotagem?
  • Como a cabotagem geraria bons resultados?
  • Redução dos custos de transporte
  • Movimentação de grandes volumes
  • Menor risco de roubos, extravios e ações similares
  • Baixo impacto ambiental
  • A grande navegabilidade no Brasil

O que é cabotagem?

Cabotagem é o transporte realizado entre os portos de um mesmo país. Diferentemente da navegação, que é realizada entre países, a cabotagem é uma alternativa de transporte local, que ocorre dentro de um único país.

É uma alternativa vantajosa, tendo em vista a extensão da costa brasileira e sua grande bacia hidrográfica, além de ser uma alternativa estratégica para descentralização logística nacional que, atualmente, é concentrada no modal rodoviário, muitas vezes ineficiente.

Como funciona a cabotagem?

Como mostramos, a cabotagem é o transporte feito entre portos de um mesmo país, e pode ocorrer tanto no mar como em rios e também lagos. Como exemplo, podemos citar o transporte de cargas que ocorre entre o porto de Salvador e o porto de Manaus.

Hoje, o transporte de cargas no Brasil ocorre, quase que totalmente, pelas rodovias. O aumento do escoamento produtivo através da cabotagem, certamente irá contribuir para a redução do fluxo de veículos pesados nas rodovias e beneficiaria empresas, parceiros de negócio, clientes e demais stakeholders, como a sociedade, por exemplo.

Todavia, apesar das vantagens oferecidas pela cabotagem, existem desafios à sua adoção plena. Um dos principais desafios é a legislação, organicamente burocrática. Além de restringir as cargas vindas do exterior, permite apenas que a cabotagem ocorra com navios que possuam a bandeira brasileira que, em contrapartida, possui uma frota velha e muito limitada.

Como a cabotagem geraria bons resultados?

É certo que a cabotagem tem muitas vantagens para as empresas e toda cadeia de suprimento de determinado produto. Abaixo, listamos cinco benefícios que a utilização da cabotagem produziria.

Redução dos custos de transporte

Se comparado aos custos de envio de cargas através do modal rodoviário, existem estimativas que apontam que a cabotagem ofereça um custo até 30% menor. Na prática, isso representa maior lucratividade para as empresas, produtos mais baratos para os clientes e maior competitividade entre as organizações.

Tipicamente, os gastos com transporte representa o segundo maior custo de uma organização, ficando, apenas, atrás dos gastos salariais. Diante disso, ao reduzir custos com transporte, um negócio pode melhorar seu posicionamento diante da concorrência e oferecer melhores condições aos clientes.

Todavia, é importante destacar que a cabotagem possui prazos de entrega maiores, devido ao processo de liberação das cargas e ao desembaraço nos portos, normalmente lento e burocrático. Sendo assim, a depender do prazo, vale a pena utilizar este meio logístico como modal de transporte de materiais.

Movimentação de grandes volumes

Uma grande vantagem da cabotagem é sua capacidade de transportar grandes volumes. Comparativamente ao modal rodoviário, os navios possuem muito mais espaço para armazenar cargas de uma só vez, isso contribuiria com a economia em escala para os envios. Além disso, o modal rodoviário possui capacidade de carga limitado, em razão do espaço disponível para cargas se comparado aos navios.

Por fim, vale destacar que se o envio de remessas for de grandes volumes, sem sombra de dúvida, a cabotagem se constitui a melhor opção para realizar este tipo de envio, seja pelo custo ou pela capacidade de transporte ampliada.

Menor risco de roubos, extravios e ações similares

O risco de haver roubos, furtos, extravios e outras ocorrências desse tipo ao se transportar via cabotagem é muito menor se comparado ao transporte rodoviário. Dessa forma, as empresas conseguem reduzir prejuízos com esse tipo de ação, principalmente relacionados  ao reenvio de novas mercadorias.

Baixo impacto ambiental

Com o conceito de sustentabilidade em alta, investir em soluções que reduzam o impacto negativo do transporte, sobretudo a emissão de poluentes, é uma medida estratégica para imagem da empresa.

Se comparado a outros tipos de transporte, como o rodoviário e o ferroviário, por exemplo, a cabotagem é a que gera uma das menores taxas de emissão de CO2 na atmosfera dentre os modais logísticos.

A grande navegabilidade no Brasil

A costa navegável do Brasil possui cerca de 8 mil quilômetros, além disso, entre rios e lagos, estima-se que existam mais de 42 mil quilômetros de vias com potencial de navegação. Além disso, o país possui mais de 30 portos espalhados de sul a norte do Brasil.

Tudo isso, indica um grande potencial de transporte interno, isto é, seria possível enviar uma carga de uma ponta a outra do país por um único modal, viabilizando maior capilaridade de serviços logísticos e economia de escala.

Como consequência direta, as rodovias teriam o fluxo de circulação drasticamente reduzido, diminuindo a necessidade de investimentos públicos na manutenção das vias e na segurança de motoristas e pedestres.

Conclusão

É possível notar que a cabotagem é uma excelente opção para enviar cargas, além de ser mais indicada que outros modais logísticos em vários aspectos. Todavia, ainda é necessário ultrapassar algumas barreiras, como a falta de investimentos no setor e o conhecimento por parte das empresas.

Agora que você aprendeu mais sobre o que é cabotagem, quais suas funções e benefícios, descubra tudo sobre como fazer gestão de frota na época das chuvas.

Recent Posts