Como calibrar o pneu e quantas libras usar no seu carro?

No Brasil, infelizmente, muitos proprietários de veículos não tem o zelo que deveriam ter com seus automóveis. Realizam a substituição dos pneus tardiamente, trocam com alguma regularidade os fluídos e, quando muito, a correia dentada, para carros que utilizam tal componente.

Além de prejudicarem os futuros proprietários, quando de uma eventual venda, colocam suas vidas e de seus passageiros em risco. Todavia, na contramão desta realidade, existem pessoas que enxergam nos automóveis algo mais do que simplesmente um meio de transporte.

Para encurtar a conversa, esse segundo grupo de proprietários, existe em um número infinitamente menor. Contudo, ambos os grupos podem economizar algum dinheiro, além de aumentar sua segurança e a de seus passageiros com uma medida básica e simples: a calibragem dos pneus.

Mas, os pneus devem ser calibrados quentes ou frios? Qual a pressão adequada? O que significam as siglas e os números em sua face? Pensando nisso, no artigo de hoje vamos esclarecer todas as suas dúvidas sobre a calibragem dos pneus.

Sendo assim, falaremos sobre:

  • Com que frequência os pneus devem ser calibrados?
  • As classificações de calibragem
  • Como calibrar os pneus adequadamente?

Com que frequência os pneus devem ser calibrados?

Talvez, essa seja a principal dúvida dos condutores e proprietários de veículos. Em condições normais de uso (uso diário), o correto é que a calibragem dos pneus ocorra a cada 15 dias, no máximo.

Uma dica interessante é investir em um calibrador de pressão e, antes de sair com o veículo, verificar a pressão dos pneus. Assim, além de garantir sua segurança e de eventuais passageiros, você prolongará a vida útil destes componentes.

Quanto à temperatura dos pneus, opte por calibrá-los frios ou, no máximo, até o seu deslocamento a um posto, desde que você não trafegue mais de 3 km para realizar o procedimento.

Além disso, para veículos de frotas, transportadores e para veículos que rodam poucos quilômetros por mês, siga essas dicas:

  • Veículos de frota ou veículos que circulam grandes distâncias verifique a pressão dos pneus em intervalos de 7 a 10 dias;
  • Veículos de pouco uso, calibre os pneus a cada 20 dias.

Além dessas dicas, separamos outras igualmente importantes:

  • Antes de realizar uma viagem, calibre todos os pneus do seu carro, inclusive o estepe/pneu de emergência;
  • Quer na cidade ou na estrada, se você cair em um buraco, verifique de imediato a pressão dos pneus;
  • Ao realizar a substituição dos pneus, em um mesmo eixo, utilize sempre a mesma marca e modelo de pneu.

As classificações de calibragem

As nomenclaturas que classificam a calibragem dos pneus podem variar de acordo com o fabricante. Por isso, é importante conhecer cada uma dessas nomenclaturas e suas unidades de pressão. São elas:

  • PSI (Pound Per Square Inch)  indica a quantidade de libras por polegada quadrada;
  • BAR (Do grego Barys – Pesado) unidade de pressão comumente utilizada na Europa. Equivale a 100 000 Pascais;
  • KPA (Pascal SI – Sistema Internacional).

Como calibrar os pneus adequadamente?

A primeira e mais importante informação que você deve obter é saber qual a pressão correta utilizar. Essa informação normalmente está disponível em um desses três locais do seu veículo:

  • Adesivo em uma das portas dianteiras do veículo (na soleira ou na coluna);
  • Adesivo na parte interna da tampa de combustível;
  • Manual do proprietário, na seção que fala dos pneus.

Você vai notar que existe mais de uma informação sobre a pressão dos pneus. Essas informações variam em virtude do peso carregado e do tipo de pneu utilizado em seu veículo.

Para saber qual a pressão correta, basta verificar as informações na face do seu pneu, e compará-las com as recomendações encontradas em seu veículo. Para saber mais sobre as siglas e números que o seu pneu possui, como o código DOT, leia este artigo completo que escrevemos sobre o tema.

Conclusão

Esperamos ter ampliado seus conhecimentos sobre a importância de calibrar regularmente os pneus do seu veículo, incluindo também o estepe ou, em veículos mais novos, os chamados pneus de emergência.

Agora que você aprendeu mais sobre a importância da calibragem dos pneus e como realizá-la corretamente, descubra tudo sobre SLA, o que é, qual sua importância e aplicação em contratos de prestação de serviço.

Recent Posts