Como dimensionar a escala de veículos de sua operação?

Em muitas áreas dentro de uma empresa é fundamental que se tenha equilíbrio, quer dizer, que haja alinhamento entre necessidade e disponibilidade de recursos. Um exemplo claro disso, diz respeito à escala de veículos em uma operação de transporte, que deve trabalhar com a quantidade ideal de veículos de forma proporcional a necessidade de uso, demanda atendida e orçamento disponível.

No artigo de hoje, mostraremos como uma empresa deve dimensionar sua frota, as formas de descobrir a quantidade ideal de veículos e porque isso é importante.

Como dimensionar uma frota?

Toda operação de transporte, independentemente da especificidade do serviço, quer dizer, em todas as suas formas de operação (fretado, frotas, cargas, pesado, compartilhado, etc.), deve promover seu serviço de acordo com a demanda existente, sua capacidade de atendimento, orçamento disponível e mão de obra a disposição.

A promoção de serviço, portanto, deve estar equilibrada com a estrutura da empresa, que precisa conhecer seus clientes, suas limitações, o próprio mercado atendido, seus recursos para investimento, a demanda pelos serviços ao longo do tempo, inclusive, a recorrência neste período e uma série de outras capacidades.

Qual a quantidade ideal de veículos que uma operação deve ter?

Nossa resposta não objetiva estipular um número ideal de veículos por operação, até porque esse número é proporcional à estrutura e necessidade de uma empresa, sendo assim, objetivo quanto a sua função, mas, subjetivo em se tratando da decisão.

Basicamente, existem duas formas de se conhecer qual a quantidade ideal de veículos uma operação deve possuir. A primeira delas e, teoricamente, mais simples é a realização de estudos conduzidos pela própria empresa para avaliar diversos fatores operacionais, econômicos e de mercado. A própria empresa pode realizar estudos para verificar se a quantidade de veículos que ela possui realmente é a quantidade ideal, ou seja, a quantidade exata de veículos que ela precisa para atender o mercado e seus clientes.

Outra forma de descobrir a quantidade ideal de veículos que uma operação de transporte deve ter é recorrendo aos serviços de uma consultoria de transporte. Essa opção pode ser mais cara, porém, é uma opção em que a condução dos estudos será mais ampla, uma vez que as consultorias levam em consideração outros fatores que podem afetar a frota além da demanda de mercado, como: a otimização das rotas, o comportamento dos motoristas, a forma de condução adotada durante a prestação de serviço e outros parâmetros operacionais, mercadológicos e econômicos.

Qual a importância do dimensionamento de uma frota?

Existem vários fatores que tornam o dimensionamento de frota uma importantíssima decisão. Contudo, podemos destacar como principal fator os custos de operação. Quando uma frota possui mais veículos do que o necessário, a ociosidade recorrente dos automóveis sem utilização implicará em aumento de custos, sem que haja contrapartida de faturamento destes automóveis ociosos. Veículos parados representam dinheiro parado.

Além disso, os custos normais que incidem em uma frota, como o recolhimento de imposto, a realização de manutenção, os custos de propriedade, o seguro da frota e a depreciação estarão afetando a empresa mesmo que os veículos estejam parados.

Portanto, é de extrema importância conhecer a operação de transportes para saber se a quantidade de veículos pode ser reduzida. Dessa forma, uma empresa será capaz de equilibrar sua oferta de serviço à demanda real de mercado.

Agora que você aprendeu como dimensionar corretamente os veículos de sua operação de transporte, descubra tudo sobre rastreamento veicular!

Recent Posts