Como evitar danos às cargas na hora do transporte?

As operações logísticas são complexas e podem envolver alguns riscos, como acidentes, erros operacionais, extravios e danos às cargas. Apesar de incômodas, essas situações fazem parte da rotina da gestão de transporte.

Por isso, é importante que as empresas adotem medidas que evitem ou minimizem essas situações, que prejudicam sua imagem e causam prejuízos a si mesmas e aos clientes, além de gerarem muitos transtornos.

Pensando nisso, no artigo de hoje, mostraremos como as empresas podem evitar esses riscos, quais medidas podem ser adotadas para esse fim, além de dar algumas dicas práticas sobre esse assunto. No artigo de hoje, você aprenderá sobre:

  • Escolhendo embalagens adequadas
  • Capacitação de equipe
  • Evite espaços vazios
  • Realize as manutenções periódicas

Escolhendo embalagens adequadas

Durante o transporte é comum que existam atritos entre as mercadorias no baú dos caminhões, que é causada pela movimentação natural dos veículos e potencializada pela péssima qualidade das estradas brasileiras.

Eventualmente, se as cargas forem danificadas, muitos prejuízos podem aparecer nas finanças de uma empresa. Para minimizar essa realidade, é muito importante que a organização encarregada de transportar as mercadorias, invista em embalagens adequadas.

Embalagens adequadas são aquelas que acondicionam as mercadorias corretamente, sem folgas e espaços vazios em seu interior, além de serem práticas para abrir, quando entregues aos clientes.

Além do mais, é importante se atentar ao material da embalagem que pode ser (normalmente) de papelão ou plástico, além do seu tamanho. A escolha varia em relação aos itens que serão transportados, ao custo da operação e a consciência ambiental da organização, já que o papelão é uma opção que impacta menos o meio ambiente.

Capacitação de equipe

Antes de introduzir mudanças, como a aquisição de novas embalagens, por exemplo, é interessante simular entregas para mensurar a eficiência e o desempenho da sua operação.

Simule o envio de cargas e mercadorias que você usualmente irá transportar, defina as rotas corretamente e todo o planejamento de entrega, como os custos com pedágios e combustível.

Além disso, forneça treinamento à sua equipe, para que manuseiem corretamente as cargas e saibam embarcá-las e acomodá-las com segurança. Tudo isso contribuirá diretamente para a redução de falhas operacionais.

Evite espaços vazios

É comum que os produtos, ao serem embalados, deixem espaços vazios nas embalagens, contudo, quando o caminhão faz curvas, arranca ou freia bruscamente essa movimentação pode danificar as mercadorias.

Por isso, jamais deixe espaços vazios nas embalagens. A solução para aumentar a segurança do transporte é preencher as embalagens com sacos de plástico cheios de ar, papel picado e outros materiais similares.

Realize as manutenções periódicas

Por fim, é importante que as manutenções dos veículos sejam realizadas dentro do prazo e, até mesmo, antecipadas, principalmente, em componentes de suspensão, freios e pneus, que produzem maior segurança nas entregas e estabilidade.

Além disso, veículos que realizam as manutenções fornecem muito mais segurança aos motoristas, que são fundamentais para o processo final de distribuição em uma operação de transporte.

Conclusão

Como mostramos, existem algumas medidas que contribuem muito para aumentar a segurança da operação, além de reduzir danos no transporte das mercadorias dos clientes.

Agora que você aprendeu mais sobre quais medidas adotar para reduzir os riscos operacionais comuns na entrega de mercadorias, descubra tudo sobre como calibrar os pneus adequadamente e quantas libras usar no seu veículo.

Recent Posts