Controle de passageiros em operações de fretado: como fazer?

Em operações de transporte fretado, um dos fatores que causam muitas dúvidas nos gestores é o controle de passageiros. Dúvidas como a taxa de ocupação dos veículos, a ociosidade e o comportamento a bordo são, dentre outras, recorrentes em muitas organizações.

Por isso, no artigo de hoje, mostraremos como as empresas podem controlar o fluxo de passageiros em todas as etapas de uma operação, desde o embarque no veículo, passando pelo acompanhamento comportamental entre o destino e a chegada ao local de desembarque.

Para facilitar sua leitura, além de promover acesso rápido ao conteúdo de seu interesse, sumarizamos em tópicos os temas que serão trabalhados ao longo deste artigo. Assim, basta consultar o índice abaixo e se preparar para leitura!

  • Quais são os principais problemas enfrentados?
  • Como resolver essa situação?
  • Porque as empresas devem implementar mecanismos de controle?

Esperamos esclarecer suas dúvidas em relação ao controle de passageiros em uma operação de fretamento, todavia, além disso, buscamos fornecer auxílio e suporte às mudanças que poderão ser realizadas em sua companhia.

Quais são os principais problemas enfrentados?

Historicamente, podemos traçar uma linha comum em muitas operações de fretamento: os principais problemas observados geralmente são os mesmos. Contudo, a depender do porte de uma operação, o nível da demanda, naturalmente, será diferente.

Grande parte destas necessidades são resultado da ausência de mecanismos que controlem os passageiros. Passageiros que embarcam em ônibus e linhas incorretas, desconhecimento da taxa de ocupação, problemas com preenchimento da ociosidade, contagem de passageiros, dentre outros, destacam-se como sendo os principais problemas enfrentados pelas empresas.

Mas o que as organizações deste segmento podem fazer para resolver essa situação, além de experimentar grande evolução em suas práticas gerenciais e administrativas?

Como resolver essa situação?

Conhecendo bem o problema, fica mais fácil analisar o que deve ser feito para resolvê-lo. Óbvio, não? Nem sempre! Isso acontece porque é comum as empresas desconhecerem a disponibilidade da solução, onde podem encontrá-la e, até, se existem recursos para resolver os problemas.

Todavia, mostraremos uma forma simples de resolver, através da utilização de algumas tecnologias. Antes, porém, apresentaremos uma forma mais “barata”, que em médio e longo prazos poderá se tornar cara, muito cara.

Processo “prático”: primeira possibilidade

O motorista poderá se responsabilizar pela contagem manual dos passageiros. Ao término da circulação do veículo, os nomes dos passageiros serão encaminhados para algum funcionário interno que irá compilar estes dados e transferi-los para uma planilha Excel.

Mais tarde, ao término desta etapa, a referida planilha será encaminhada para o responsável pela área de transportes, que analisará as movimentações mensais e promoverá os estudos necessários e importantes da área.

Todavia, este processo além de lento está sujeito a muitas falhas. O motorista, infelizmente, poderá fazer “vista grossa” para algum amigo que tenha embarcado em uma linha incorreta, poderão haver erros na contagem dos passageiros ou na transferência dos dados para a planilha, além de outros erros previsíveis, como a troca de nomes, dado o fator humano.

Existe uma forma mais segura, rápida e eficiente para controlar com maiores garantias todo este processo? A resposta é sim, e veremos isso a partir de agora!

Processo tecnológico: segunda possibilidade

No mercado de soluções para gestão de transporte, existem softwares de gestão que reúnem as ferramentas necessárias para que todo este problema seja resolvido no curto prazo, além de manter a solução de maneira permanente.

O iTransport Fretado, nosso software destinado à gestão de transporte fretado e fretamento, disponibiliza, em uma única plataforma, todas as ferramentas necessárias para resolver não somente este problema, mas, outros que normalmente se manifestam em operações deste tipo. Clique aqui e conheça nossa solução.

Estes softwares conseguem controlar todas as etapas do processo, desde a saída dos usuários de suas residências, embarque no ônibus, análise de deslocamento, comportamento de motoristas e passageiros, bem como a chegada em seus respectivos destinos.

O iTransport, possui aplicativos onde os passageiros podem acompanhar, em tempo real, o deslocamento do veículo até a chegada ao ponto de embarque, podem fazer check-in pelo próprio aplicativo, além de realizar outras atividades.

Ao embarcar, utilizamos mecanismos de controle de acesso baseados no crachá do usuário, normalmente, fornecido pela própria empresa que contrata os serviços de fretamento.

Fazemos isso para analisar o comportamento do usuário, se está na linha correta, com o pagamento em dia, se realmente aquele é o ônibus que ele tem autorização para utilizar, além de outras análises. E isso tudo de forma automática e instantânea.

Porque as empresas devem implementar mecanismos de controle?

Através dos mecanismos de controle, e somente por meio deles, as empresas terão condições de conhecer o real estado de suas operações, quais são os problemas, principais falhas e o que podem fazer para resolvê-los.

Além disso, as estratégias para o negócio poderão ser muito mais focadas na performance operacional, dada a quantidade de informações produzidas pelas ferramentas de controle que poderão ser usadas como matéria prima para desenvolver um bom planejamento.

Conclusão

Como vimos, o controle é um importante processo capaz de apontar eventos que precisam ser analisados de perto, corrigidos e, mais do que isso, resolvidos. Operações de fretamento precisam instituir tais mecanismos para aprimorar gestão e eficiência operacional.

Nosso software, o iTransport, como falamos ao longo do artigo, reúne diversas ferramentas importantes e necessárias para cobrir diversas demandas de uma operação de fretado. Convidamos você a conhecê-lo.

Agora que você aprendeu mais sobre como controlar os passageiros em uma operação de transporte fretado, aprenda tudo sobre operadores logísticos, quem são, qual função e importância para o mercado logístico.

Recent Posts