Gestão de multas: porque sua empresa deve fazer?

Nem só de alegrias vive um gestor de frotas, imprevistos e acontecimentos indesejáveis também fazem parte da rotina de qualquer departamento. As multas, por exemplo, fazem parte dessa realidade incômoda.

Por isso, é muito importante que as organizações que lidam com a gestão de frotas saibam gerenciar adequadamente essas ocorrências. Pensando nisso, no artigo de hoje mostraremos a importância da gestão de multas, a fim de evitar problemas ainda maiores com esse tipo de acontecimento.

No artigo de hoje, falaremos sobre:

  • O que é gestão de multas?
  • Qual a importância da gestão de multas?
  • Como criar um processo eficiente?

O que é gestão de multas?

Gerenciar é, basicamente, assegurar o bom funcionamento de uma atividade ou processo. A gestão de multas, portanto, é uma forma de controlar as infrações cometidas com os veículos de sua frota, garantindo a resolução da ocorrência e, ao mesmo tempo, criando mecanismos que evitem o cometimento de novas infrações.

Empresas que possuem frotas ativas, certamente, lidam com esse problema rotineiramente. Por isso, gerenciar as multas de trânsito é fundamental para o bom andamento de sua operação, independente do tamanho de sua frota.

Contudo, é evidente que quanto maior é a frota, mais precisa deve ser a gestão, além de apresentar maior importância, uma vez que a maior quantidade de veículos implica em chances maiores de ocorrerem essas infrações.

Qual a importância da gestão de multas?

Através de uma eficiente gestão de multas, é possível controlar tais ocorrências, evitar pagamentos desnecessários, educar os motoristas, além de criar mecanismos preventivos, objetivando diminuir a incidência dessas infrações em sua operação.

Além disso, em algumas circunstâncias, a multa pode ser revertida em advertência, sem causar gastos e maiores dificuldades ao negócio. Todavia, isso só é possível se a infração for leve ou média e se o condutor autuado não tiver sido multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses.

Uma boa gestão de multas evitará:

  • Custos desnecessários com autuações;
  • Perda de licença de motoristas;
  • Prejuízos crescentes;
  • Imagem negativa junto ao mercado e a consumidores.

Tendo um bom controle, torna-se fácil e simples identificar o motorista, o veículo alvo da infração, a quantidade de vezes e as circunstâncias da ocorrência, além de outras informações.

Como criar um processo eficiente?

Em operações de pequeno e médio porte, designar um funcionário para gerenciar especificamente as multas é uma solução bastante eficiente, além de apresentar baixo custo de implementação.

Contudo, em operações de grande porte e de maior complexidade, essa solução não é a mais indicada. Neste caso, contratar um software próprio para gestão de frota que conte com essa funcionalidade é a medida mais eficiente a ser adotada.

Além disso, um processo eficiente de controle de multas, passa pela educação defensiva dos motoristas, justamente, para que não tomem mais multas em ocasiões semelhantes as já cometidas, protejam a frota e sua própria credibilidade junto à empresa.

Conclusão

Como mostramos, para evitar despesas desnecessárias e acumular prejuízos para a empresa, um eficiente processo de gestão de multas é muito importante no que diz respeito às atividades rotineiras de gerenciamento de frotas.

Agora que você aprendeu mais sobre a importância da gestão de multas em operações de frota, descubra tudo sobre a importância da gestão do tempo no gerenciamento das atividades de transporte e como isso contribui para aumentar sua produtividade.

Recent Posts