Planejamento de entregas: da estratégia à execução

Grande parte das empresas do Brasil enfrentam muitas dificuldades em uma das últimas partes do processo de venda: a entrega ao cliente. Emissão e separação de pedidos, planejamento de rotas, análise de despesas, escolha do modal logístico mais adequado. São várias as análises e decisões que precisam ser realizadas pelas companhias!

Pensando nisso, no artigo dessa semana, vamos falar sobre o planejamento de entregas, desde o desenvolvimento da estratégia à execução. Além disso, mostraremos a importância estratégica desta área para qualquer organização, independente de porte ou mercado.

No artigo de hoje, serão abordados os seguintes temas:

  • Separação, manuseio e expedição
  • Rotas estratégicas: porque e como criá-las?
  • Demanda e modal logístico: como equilibrá-los?
  • Análise de entregas, métricas e resultados

Esperamos, por meio deste artigo, ajudar empresas e profissionais do mercado logístico a, cada vez mais, aprimorar processos de entrega, reduzindo custos operacionais, tornando-se cada vez estratégicos e estruturalmente enxutos.

Separação, manuseio e expedição

Estas três etapas são produtos de um processo maior, chamado armazenagem. A depender do tipo de armazenagem escolhida pela sua empresa (própria, mista ou terceirizada), partes do processo poderão perder em eficiência.

Todavia, para efeitos de ilustração, adotaremos como exemplo, organizações que utilizam armazenamento próprio, mesmo que essa situação aconteça mediante o aluguel de galpões ou estruturas similares, todavia, operada pela própria empresa.

É fundamental que se estabeleça um processo rápido e eficiente, além de instituir mecanismos de controle e análise ao longo de todo processo. Assim que o pedido é recebido, é necessário que haja sincronismo entre as etapas.

Por se tratar de um processo, as atividades são dependentes entre si, sendo portanto, imprescindível, coordenação e engajamento entre as ações. Dessa forma, a demanda será recebida, prontamente tratada e expedida para entrega.

Rotas estratégicas: porque e como criá-las?

É de extrema importância que as empresas realizem suas entregas gastando o menor tempo possível, sendo que, para isso, é necessário percorrerem a menor distância. Assim, economizarão combustível, além de reduzirem a emissão de poluentes da frota.

Para saber mais sobre roteirização, leia este artigo completo que escrevemos sobre o tema e aprofunde seus conhecimentos sobre o assunto. Mas, como uma empresa consegue criar rotas otimizadas? Através de softwares de gestão específicos!

A plataforma para gestão de transporte, iTransport, dentre suas funcionalidades, conta com tecnologia de roteirização. Através do sistema, com pouco esforço, os clientes criam rotas otimizadas quase que de forma automática. Conheça esta solução!

Demanda e modal logístico: como equilibrá-los?

Realizados os processos anteriores, é a vez de escolher o meio de transporte mais adequado para o tipo de entrega a ser realizada, volume de produtos e distância a ser percorrida.

Basicamente, deve-se equilibrar as cargas com o tipo de veículo utilizado. Dessa forma, garante-se economia e maior controle de gastos operacionais, sobretudo, com a logística de distribuição.

Análise de entregas, métricas e resultados

É importante que todas as empresas acompanhem os processos de entrega e escoamento, definam métricas que, de fato, digam alguma coisa e, principalmente, analisem e apurem os resultados constantemente.

Uma das formas de entender o que ocorre com a operação é através do monitoramento veicular. Essa tecnologia permite que as organizações estudem fontes de gasto e despesa com veículos, necessidades de adequação e diversos outros fatores importantes.

É nesta etapa do processo que se mapeiam fontes de gasto que precisam de alteração, além de definir estratégias de redução de custo, melhoria do nível de serviço prestado e otimizações operacionais.

Conclusão

Uma das formas de facilitar a implementação da estratégia de entrega ao cliente, certamente, é através da utilização de sistemas direcionados à gestão de transporte que facilitam muito a rotina dos gestores de transporte.

Conheça nossa solução direcionada à gestão do transporte de cargas, o iTransport Cargas. Clique aqui!

Agora que você aprendeu mais sobre as etapas de planejamento e execução de entregas, descubra tudo sobre a importância dos motoristas de sua frota realizarem o exame toxicológico e quais cuidados você deve tomar quanto a isso.

Recent Posts