Quanto tempo os brasileiros gastam no trânsito por ano?

Nas grandes cidades, diariamente precisamos nos deslocar para executar nossas atividades, ir e voltar do trabalho, visitar amigos, ir a consultas médicas, além de realizar inúmeras outras tarefas.

Uma das consequências mais naturais e previsíveis é a formação de longos congestionamentos que, muitas vezes, dificultam ainda mais a chegada aos locais de nossos compromissos.

Mas, você já parou para pensar quanto tempo gastamos ao longo de um ano realizando nossos deslocamentos, tanto os mais simples, como ir ao supermercado, como os mais desgastantes?

Por isso, no artigo de hoje, mostraremos o tempo gasto todos os anos por um motorista no curso de seus deslocamentos. Utilizaremos dados de algumas pesquisas, além de reproduzir valores médios de tempo.

Quanto tempo gastamos por ano no trânsito?

Nos últimos 10 anos, várias pesquisas foram realizadas com o intuito de investigar a média de tempo gasto pelo brasileiro ao se deslocar, enfrentar trânsito e longos congestionamentos.

Em pesquisa feita para a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), realizada pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), divulgada em 2018, constatou-se que nas grandes cidades, o tempo médio diário gasto para se deslocar é de duas horas e vinte e oito minutos.

Em um ano, de acordo com essa pesquisa, o brasileiro perderia trinta e sete dias e meio com deslocamentos, ou seja, mais de um mês para ir de um lugar ao outro.

Essa pesquisa foi realizada com mil e quinhentos (1.500) moradores de vinte e sete (27) estados da federação, com margem de erro de dois pontos percentuais e meio (2,5 %) e grau de confiança de noventa e cinco por cento (95 %).

Se tempo é dinheiro, como diz aquele antigo e famoso ditado, qual impacto econômico os deslocamentos e os habituais congestionamentos ocasionam na economia do nosso país?

Impacto econômico

Quando estamos dentro de um carro, encontramo-nos improdutivos. Como mostramos, o tempo médio gasto anualmente para nos deslocarmos supera a quantidade de tempo de um mês.

De acordo com pesquisa divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), nos idos de 2015, os deslocamentos anuais geram um prejuízo de R$ 62 bilhões à economia do nosso país, aliado às más condições de mobilidade e planejamento.

Vale dizer que os dados apresentados pela FGV, consideram a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2012 e não inclui custos adicionais com combustível e os danos trazidos pela poluição.

No mesmo período de divulgação, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), divulgou estudo apontando perdas financeiras superiores a R$ 111 bilhões, isso, graças ao maior tempo de viagem entre casa e trabalho (ida e volta).

Conclusão

Nas grandes capitais do nosso país, essa realidade é vivenciada todos os dias por milhares e milhares de pessoas. Mas, diante desses dados, cabe uma ampla reflexão de todos os envolvidos nas questões da mobilidade urbana e do planejamento logístico para estudar este fenômeno e buscar soluções com urgência.

Agora que você aprendeu mais sobre o tempo gasto pelos brasileiros ao se deslocar anualmente, aprenda tudo sobre os motivos que impossibilitaram Paris de ofertar a população transporte gratuito.

Recent Posts