Rede 5G: o que é, como funciona e seus impactos

Como era a sociedade há 20 anos? Apesar de não fazer tanto tempo assim, diante das inúmeras transformações tecnológicas, provavelmente, você não se recorda de muita coisa, não é mesmo?

Inúmeras empresas com estruturas distantes das tradicionais surgiram, smartphones, carros autônomos, aplicativos e uma infinidade de outros lançamentos. Em pouco tempo, muita coisa mudou, até uma pandemia têm nos provado nos dias atuais.

Dentre esses lançamentos, um dos mais aguardados e promissores é a tecnologia 5G, a próxima geração de rede de internet móvel. Segundo os especialistas, o 5G possibilitará uma velocidade ainda maior de internet, conexões mais estáveis e cobertura mais ampla.

Mas, como isso impactará nossas vidas? E a forma como as empresas fazem negócios e desenvolvem novos produtos e serviços, como o 5G afetará esse contexto? É o que mostraremos no artigo de hoje!

  • O que é 5G?
  • Como o 5G funciona?
  • Quais são suas aplicações?
  • Como a logística será afetada?

O que é 5G?

O 5G é a quinta geração de tecnologia para redes móveis e de banda larga. O objetivo do 5G é aumentar as potencialidades da atual rede, conhecida como 4G, elevando seu padrão a altíssimos níveis de velocidade de conexão e usuários simultâneos.

Alguns especialistas chegam a dizer que o 5G possibilitará que mais de 1 milhão de aparelhos se conectem, ao mesmo tempo, por metro quadrado em uma dada localidade. A proposta é tornar tudo conectado, de carros a geladeiras e outros eletrônicos.

Em resumo, o 5G ampliará a cobertura de conexão de internet, tornando-a mais ampla e estável, além disso, essa tecnologia possibilitará maiores transferências de dados, além de um número significativamente maior de conexões simultâneas.

Mas, como essa tecnologia funciona?

Como o 5G funciona?

As redes 5G, assim como as de gerações anteriores, funcionam por meio de ondas de rádio, contudo, o espectro coberto pela quinta geração é significativamente maior do que das gerações passadas.

As redes 5G utilizam faixas de frequência mais altas da telefonia para funcionar, de 3,5 GHz (Gigahertz) a pelo menos 26 Ghz. Sua capacidade é maior, contudo, seus comprimentos de onda são menores, o que implica em alcances mais curtos.

Quais são suas aplicações?

Além de deixar a navegação de internet mais rápida, estima-se que o 5G possa substituir, em alguns casos, as redes domésticas de wi-fi. Para os usuários comuns, o 5G permitirá carregamentos instantâneos de vídeos e outras páginas na web.

Vídeo chamadas devem se tornar mais claras e menos irregulares, enquanto sensores poderão ser utilizados para monitorar a saúde dos usuários em tempo real, notificando os médicos assim que ocorrer alguma emergência.

Cidades conectadas e casas inteligentes, onde tudo pode ser controlado pelo smartphone, também poderão ganhar mais usuários. A expectativa é a de que, quando chegar ao último estágio, o 5G transforme a sociedade.

Como a logística será afetada?

Certamente, o 5G na logística poderá aprimorar a comunicação entre os diversos agentes em uma cadeia produtiva, viabilizar a troca rápida de informações e o monitoramento da operação.

Além disso, informações relacionadas aos veículos, sobretudo de rastreamento, poderão ser fornecidas de forma ainda mais precisa e eficiente, aprimorando tecnologias de telemetria e ampliando o uso de IoT em muitas operações.

Conclusão

O 5G tem tudo para revolucionar a sociedade como a conhecemos, não somente na utilização da internet, mas, ainda no desenvolvimento de novas soluções e na criação de produtos e serviços inéditos.

Agora que você aprendeu mais sobre o que é 5G e como essa tecnologia funciona, descubra mais sobre o que um gestor de frota pode fazer para evitar o comportamento de risco dos motoristas.

Recent Posts