Software para transportadora: como escolher o melhor?

O título em si é retórico, ou seja, “o melhor” dependerá das suas necessidades, orçamento disponível, estrutura operacional e demais compatibilidades, e isso, você sabe muito bem responder.

Mas, ainda assim, regra geral, um software para gestão do transporte de cargas precisa contar com algumas funcionalidades importantes para qualquer operação.

Por isso, neste artigo, apontaremos algumas funcionalidades importantes que um software para gestão de uma transportadora deve ter.

Funcionalidades, a base da decisão

Como dissemos, a primeira coisa que deve orientar sua decisão de compra são as funções que um sistema de gestão para transportadoras deve ter, e isso, é centralizado em suas demandas.

Você precisa de algum mecanismo que monitore seus veículos? Ou, quem sabe, um rastreador para rastrear seus ativos no curso de entregas e atendimento a clientes? Seria legal contar com mecanismos que bloqueiam remotamente seus veículos em caso de roubo, furto ou excesso de velocidade? E o que dizer do controle do motorista, seria interessante contar com dispositivos com essa função?

Então, antes de direcionar-se ao mercado, preocupe-se em traçar o perfil de sua operação, suas principais demandas, dificuldades operacionais, atividades e demais objetivos pretendidos. Assim, a escolha de um software alinhado a sua realidade será mais simples.

Budget: a pedra angular

Feito o mapeamento de suas necessidades, é hora de definir o quanto se têm disponível para adquirir este sistema. E aqui é necessário realizar, além de alguns cálculos, uma análise sincera, realista e fazer algumas considerações importantes.

Evidentemente, não estamos falando em adquirir um bem “barato”, irrisório e despretensioso, muito pelo contrário, estamos falando em equipar sua empresa com novas tecnologias que certamente poderão reduzir seus custos, fazê-lo atender melhor seu cliente, simplificar sua gestão e potencializar sua lucratividade. Portanto, é fundamental pesar na balança os prós, ou benefícios, e os contra, ou custos, antes de se guiar exclusivamente pelo preço. Pense no quão trabalhoso foi desenvolver o sistema.

Na maioria das vezes, o desenvolvimento de um sistema advém de anos de investimento intelectual e financeiro, testes e mais testes, pesquisas de mercado, inovação, criação de novas tecnologias, contratação de pessoas, formação de equipes, noites perdidas de sono, estresse e uma infinidade de outras ações pontuais e programadas para transformar em oferta tudo isso. O que buscamos dizer com isso? Buscamos afirmar que um sistema bom, robusto e que lhe atenderá plenamente, inclusive podendo-o surpreender, requer certo investimento, realista e alinhado diretamente aos seus problemas.

Informação: sua grande aliada

Por fim, após definir suas necessidades e orçamento, pesquise por um software de gestão de cargas. É interessante consultar a opinião de clientes que utilizam a solução, procurar cases de resultado e buscar referências que te esclareçam o necessário para sua decisão ser assertiva, resolutiva e certeira.

Também, busque o apoio da fornecedora da solução. Atualmente, as vendas tornaram-se mais consultivas, direcionadas e otimizadas, ou seja, a própria empresa junto ao cliente o ajuda a escolher a solução ideal para sua necessidade, nem maior, nem menor.

E, como última dica, busque por um fornecedor com a opção de customização, assim, você terá certeza de que está sendo plenamente atendido.

Agora que você sabe como escolher o melhor software para uma transportadora, descubra quais são os desafios de uma operação de transporte fretado.

Recent Posts